Esse blog já te ajudou de alguma forma?

O Blog Personagem Bíblico, é um blog Cristão sem fins lucrativos que depende de suas doações para manter-se. Se todos que lerem doarem R$ 10 ou qualquer outro valor, poderemos publicar mais arquivos e com mais qualidade. Doe agora. 
Constantemente publicamos estudos bíblicos sobre Personagens Bíblicos, de forma gratuita para seu elevo espiritual. Se em algum momento nosso blog já te ajudou, clique no botão abaixo e faça uma doação de qualquer valor! É simples, rápido e seguro. Através de boleto, transferência bancária ou cartão de crédito. Obrigado!

Veja Quem Somos - CLIQUE AQUI!

Josué, um líder escolhido por Deus

 

Texto Áureo: Dt. 31.7 – Leitura Bíblica em Classe: Nm. 27.18-23; Js. 1.1,2
Objetivo: Mostrar que Deus escolhe a quem quer, pois só Ele conhece aqueles que possuem as qualidades necessárias para liderar seu povo com justiça.
 
INTRODUÇÃO

Durante este trimestre, estudaremos na Escola Dominical o livro bíblico de Josué. Esse é um livro que trata das guerras do Senhor na conquista de Canaã. Passados todos esses anos, poderíamos indagar se há algo, nesse livro, que possa ser proveitoso para a igreja cristã dos dias atuais. Não devemos esquecer que, conforme estudamos no último trimestre, a Bíblia, em sua totalidade, é a inspirada palavra de Deus. O livro de Josué, como veremos a partir de hoje e das lições que se seguem, traz princípios eternos que se coadunam com a realidade contemporânea.

1. ASPECTOS GERAIS DO LIVRO DE JOSUÉ
Esse livro, que narra a história de Josué, é de sua própria autoria (Js. 24.26) e data entre 1405-1375 a. C. O tema principal do livro é a vitória da fé na conquista de Canaã (Hb. 11.30,31). O propósito central é registrar a fidelidade de Deus no cumprimento de Suas promessas. Podemos dividir o livro em três aspectos estruturais: 1) a entrada em Canaã (1-5), 2) a conquista de Canaã (6-12) e 3) a divisão de Canaã (13-24). Destacamos algumas das principais características desse livro: 1) complementa o Pentateuco – dando prosseguimento aos fatos ali narrados; 2) é o primeiro entre os livros históricos do Antigo Testamento; 3) ênfase posta na conquista e ocupação da terra de Canaã; e 4) exposição da palestina como o cenário geográfico dos acontecimentos do livro. O versículo-chave é “passai pelo meio do arraial e ordenai ao povo, dizendo: provede-vos de comida, porque, dentro de três dias, passareis este Jordão, para que entreis na terra que vos dá o Senhor, vosso Deus, para que a possuais” (1.11). O livro nos ensina algumas verdades a respeito de Deus e do nosso relacionamento com Ele: 1) os passos necessários para conhecemos melhor o Senhor, buscando a direção do Espírito Santo, principalmente diante dos obstáculos e a confiar em Suas promessas (Js. 2.8-11,24; 3.7; 4.19-24; 21.45; 23.14); 2) passos para uma devoção dinâmica – estimula à oração e a tomar decisões de acordo com a vontade de Deus, e instrui ao cuidado na aplicação da Palavra de Deus (9.14; 14.8-9,14; 22.5; 23.6); 3) passos para a santidade – ensina a não cobiçar os bens deste mundo, a ter o devido cuidado para não se deixar levar pelos pensamentos do mundo (6.18-19; 23.7; 24.23); 4) passos para uma vida de piedade – através da prática regular da meditação na Escritura, a manutenção de registros e memórias da jornada espiritual, a partilha das experiências (1.7-8; 4.4-7; 5.2-9; 8.34-35); 5) passos para lidar com o pecado – compreender que o pecado enfraquece aqueles que com ele se envolvem, por isso, precisa ser tratado com seriedade (7.10-13; 11.11) e 6) passos para a conquista da vitória – submissão à vontade de Deus e o reconhecimento que o Senhor pelejará por nós (5.14-15; 17.18).

2. JOSUÉ: UMA BREVE BIOGRAFIA
Josué, cujo nome significa “Jeová é salvação”, foi o líder dos hebreus depois de Moisés e era também denominado de Oséias (Nm. 13.8), filho de Num (Ex. 33.11), da tribo de Efraim (I Cr. 7.27). Destacou-se com um dos mais fiéis companheiros de Moisés (Ex. 24.13; 32.17) e um daqueles espias fiéis que retornou da missão (Nm. 13.26; 14.38). Escolhido por Deus para ser o sucessor de Moisés (Dt. 31.14,23) sendo revestido para tal missão (Js. 1.1). Diante dos israelitas, enviou espias para sondar a terra a ser conquistada (Js. 2.1), atravessou o Jordão através de uma intervenção miraculosa do Senhor (Js. 3.1), destrói Jericó (Js. 6) e Ali (Js. 8). Um dos mais interessantes episódios na vida de Josué é sua oração que faz com que o Senhor detenha o sol (Js. 10.12). Ao final da vida, após sortear a Canaã conquistada entre as tribos (Js. 14), despede-se do povo e morre com idade aproximada de 110 anos (Js. 23,24). A atuação de Josué, diante dos hebreus, foi brilhante e ele se revelou como um exímio estrategista militar. Mas não confiava apenas em seus dotes, na verdade, Josué é um exemplo de alguém que, mesmo dispondo de conhecimentos, não deixa de buscar a orientação do Senhor. Sua biografia nos ensina que a liderança efetiva é produto de uma boa preparação e da influência de boas lideranças (Nm. 27.22-23).

3. A LIDERANÇA DE JOSUÉ: ALGUNS PRINCÍPIOS
Umas das marcas do estilo de liderança de Josué é a interação com os seus pares. Ele é um homem que valoriza as instruções (Js. 2.1; 3.2-4.9; 8.3-8). Teve sempre o cuidado de averiguar se as pessoas tinham ouvido e compreendido os planos traçados a respeito das múltiplas atividades a serem desempenhadas. Por isso, de vez em quando, ouviam-no dizer: “Chegai-vos para cá, e ouvi as palavras do Senhor vosso Deus” (Js. 3.9). Diante da clareza de sua mensagem, o povo, a não ser em poucas ocasiões, fazia tudo como Josué ordenara (Js. 4.8). Quando o povo estava desanimado, Josué trazia-lhe mensagens de encorajamento (Js. 3.5; 10.24,25; 23.5). Sempre que possível Ele relembrava as promessas feitas pelo Senhor e isso servia de estímulo para os israelitas. As palavras de encorajamento de Josué fortalecia a fé do povo e guiava-o em sua missão. Valorizava o ensino, por essa razão, em muitas ocasiões o vemos dando ordens ao povo (Js. 6.16), instruções (Js. 24.1-13) e exortações (Js. 23.6-16; 24.14-24). Como todo bom líder, também teve o cuidado de manter relatórios a fim de registrar os acontecimentos históricos daquele povo (Js. 12-20). Além das mensagens escritas, também fez uso de recursos simbólicos, tudo isso com vistas à lembrança das coisas grandiosas que Deus havia feito ao povo de Israel (Js. 4.1-9). Esses aspectos da liderança de Josué servem de inspiração e exemplo para todo aquele que recebe o chamado de Deus para estar diante do Seu povo.

CONCLUSÃO
Conforme veremos ao longo deste trimestre, Josué é um exemplo de líder espiritual, isto é, que depende da orientação do Espírito Santo. Em Dt.34.9 está escrito que o espírito de sabedoria encheu Josué quando Moisés impôs as mãos sobre ele. Essa é uma demonstração da atuação sobrenatural de Deus no ministério de Josué e que esse estava baseado nas instruções do Senhor dadas a Moisés. Esse assunto, porém, será estudado com maior propriedade na lição seguinte, quando trataremos a respeito do momento em que Josué assume a liderança de Israel.

BIBLIOGRAFIA
DAVIS, B. Pessoas, tarefas e alvos. Campinas: ICI, 2000.

HESS, R. Josué: introdução e comentário. São Paulo: Vida Nova, 2006.

26 comentários:
Escrever comentários
  1. buscando no livro de josué náo em voz mais leitura da bliblia

    ResponderExcluir
  2. me ajudou bastante pra fazer o trabalho da escola, e eu achei mt interessante

    ResponderExcluir
  3. forte e profundo esse estudo tudo que eu precisava

    ResponderExcluir
  4. Muito bom aprendermos um pouco mais da biblia de uma forma pratica e de facil aprendizado

    ResponderExcluir
  5. Teremos um Intensivão de Jovens na Assembléia de Deus Jd.Itapema setor 33 ,, e estaremos nos dedicando neste assunto no dia 1/08 a partir das 8:00 .. Obrigado! Todos convidados!

    ResponderExcluir
  6. "As destruições das cidades de Jericó e de Hai são contadas minuciosamente na Bíblia, e relatam que a mando de Josué nenhum habitante das cidades era poupado da morte, nem mesmo idosos, mulheres grávidas, crianças e bebês. No caso da cidade de Hai (a segunda a ser invadida), como a cidade também era murada e apresentou uma resistência melhor no primeiro ataque, Josué armou uma emboscada atrás da cidade. Quando instigou o Rei de Hai a sair da cidade com seu exército para persegui-lo com os israelitas, Josué tinha deixado um grupo de cinco mil homens escondidos atrás da cidade, que a invadiram nesse momento, e a incendiaram. Em seguida cercaram o Rei de Hai com seu exército, que só nesse momento viu que tinham caído em uma armadilha e estavam cercados de ambos os lados pelos inimigos. O exército de Hai foi inteiramente morto pelos israelitas mas o Rei de Hai foi capturado vivo e conduzido a Josué. Em seguida os israelitas voltaram a cidade de Hai e mataram toda a população, não parando até que foram mortos todos os habitantes de Hai. Segundo a Bíblia, o total de mortos da cidade foi de doze mil pessoas. Em seguida, Josué ordenou que a cidade fosse incendiada, transformando-a em um montão de cinzas. O Rei de Hai foi executado após a total destruição de sua cidade, sendo enforcado em uma árvore." Texto recortado do site wikipedia (Josué na bíblia) um dos maiores sanguinários que já existiu. Confere, Produção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Edimara, vc fez um resumo importante que deveria servir para reflexão das pessoas, em especial aquelas que aplaudem as ações terríveis de Josué, que, movido pela vontade do seu deus sanguinário, se tornou um dos grandes assassinos descritos nas páginas da bíblia. Desculpem, mas fica difícil acreditar que pessoas, em sã consciência, possam louvar as ações de uma divindade que se denomina Deus, promovendo tanta crueldade. Somente Jesus Cristo nos apresentou o verdadeiro Deus (João 1 versus 17 e 18 / João 5 versus 37), nos orientando amar o inimigo ao invés de odiá-lo (Mateus 5 versus 43, 44 e 45). Se essa divindade israelita (Jeová) fosse o pai de Jesus Cristo, que sentido faria Jesus pedir para nascermos de novo por Ele, dando um Novo Testamento e por conseguinte anulando o Antigo Testamento? (2 Coríntios 3 versus 14).

      Excluir
    2. confere sim! quando olhamos sem ver os fatos é realmente chocante, mas entendo a formação de uma sociedade que sem a eliminação total de um povo que digasse de passagem além de cruel, sanguinário, prostitutos que adoravam deuses de uma forma que queimavam seus proprios filhos que não tinham valor moral algum da vida fica aceitavel o fato de uma nação assim ser totalmente destruida e quando as nações não eram destruídas completamente vemos nas escrituras essas mesmas nações se levantando contra a nação de Israel!
      Não existe nada plausivel que não demostre que Jeová é o Pai de Jesus! sem duvida o que Ele sempre fez, foi por nos amar! o Objetivo desde Noé, Sodomo e Gomorra foi sempre o mesmo, então vejo um Deus justo que não tolera a iniquidade e que todos vamos ter o fim que merecemos! a nossa escolha pe simples Justo (céu) Impio (inferno)

      Excluir
    3. É meus amigos...que valiosa essa questão...vou responder como se eu fosse Deus.
      Eu tentei dar ao homem uma vida perfeita, pois sou um Deus sábio e vejo lá na frente antes mesmo de vcs largarem as fraldas, ora não saberia eu, que essas nações contaminariam o que ja estava purificado? Sim parece cruel...mas essas naçoes andavam sozinhas e logo se perderiam, eu busquei uma nação para viver a sabedoria do Rei, mas havia de se pagar um preço para isso, a tão simples santidade, pois eu sou santo. não me orgulho disso, mais sei que era necessário por amor ao homem. Mas o homem só consegue ver o que esta na frente dos seus olhos...e eu sou, Deus. E por misericordia mudei todos os meus planos, pois o homem, nunca mudou por mim. Mas eu mudei por ele...acaso isso nao é amos?
      Mesmo eliminando o que estava contaminado, o homem me desobedeceu e eu...sou Santo e me vi afastado da minha propria criação, dominada pelo pecado.
      Então mudei o plano...agora nao era mais necessário matar ao cordeiro para purificar os pecados e ter comigo intimidade...eu mesmo sacrifiquei o cordeiro, santo! Para que todo homem agora pudesse chegar a mim, que sou santo...acaso isso também, não é amor. E o homem agora é capaz de mudar o que é para se chegar a mim? porque em verdade vos digo, quem se chegar a mim e cre em meu filho Jesus eu responderei. Porque eu sou o grande ...EU SOU!!!

      Excluir
  7. Gostei do resumo desse estudo.
    Isso e exemplo acada um de nois, que venhamos a liderar a nossa vida, familia, trabalho, igreja etc...
    Assim como Josué fez sempre pela vontade Deus.

    ResponderExcluir
  8. Me ajudou mt no trabalho da escolla...vlw

    ResponderExcluir
  9. não entendi .. se josue que se chamava oseis. eu quero saber quem era o josue que escreveu o levro esta tudo errado

    ResponderExcluir
  10. obrigada pela fonte ajudou nos meus estudos teologicos muito bom mesmo que DEUS continue os abencoando grandemente regina Terci usa

    ResponderExcluir
  11. Estudo muito lindo e profundo fas com que posamos refletir em qual tipo de líder que remos ser.foi ótimo pra minha vida que Deus nos abençõe grandemente.

    ResponderExcluir
  12. Estudo muito lindo e profundo fas com que posamos refletir em qual tipo de líder que remos ser.foi ótimo pra minha vida que Deus nos abençõe grandemente.

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pelo rico comentário Edimara, Óscar e Cacau. Foi edificante.

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo rico comentário Edimara, Óscar e Cacau. Foi edificante.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pelo rico comentário Edimara, Óscar e Cacau. Foi edificante.

    ResponderExcluir

Visualizações

utilizadores online